Webinar AFECO: Partilha dos primeiros resultados do projeto

A 23 de janeiro de 2024, o consórcio AFECO organizou o primeiro webinar do projeto, dedicado a apresentar os resultados da primeira fase do mesmo. Mais de 30 pessoas em toda a Europa participaram no webinar.

O projeto de Educação de Adultos Erasmus+ AFECO – Empowering older adults to apply eco- and age-friendly solutions to age in place, teve início em dezembro de 2022 e finalizará os seus resultados em maio de 2025. A primeira fase do projeto consistiu em definir necessidades, fazer uma análise comparativa e apresentar um relatório de base.

Durante o webinar, foram partilhadas algumas conclusões interessantes.

Os adultos mais velhos em seis países europeus estão mais conscientes das soluções amigas da idade em casa ou na comunidade do que das soluções amigas do ambiente. As suas necessidades de aprendizagem centram-se na mobilidade e na utilização da tecnologia para aplicar soluções amigas da idade e do ambiente, bem como nas competências em matéria de TIC, na procura de informação, na resolução de problemas financeiros e em casos práticos. Estes foram os resultados de 104 entrevistas com adultos mais velhos (65+ anos) dos Países Baixos, Portugal, Alemanha, Polónia, Grécia e Itália.

Com base nestes resultados, a equipa do projeto está a trabalhar no desenvolvimento de um currículo online e de uma plataforma de e-learning. O currículo e a plataforma de e-learning serão cocriados com adultos mais velhos e prestadores de cuidados. Posteriormente, a versão completa será validada e será elaborado um manual para aprendentes e educadores, como resultado final do projeto.

Os módulos do currículo centram-se, entre outros, na sensibilização, na tecnologia, na saúde e nas competências em matéria de TIC. A plataforma de aprendizagem eletrónica oferece orientação através de assistente virtual e aprendizagem autónoma. A plataforma incluirá uma biblioteca virtual e dará também espaço às comunidades online existentes.

As gravações das reuniões estão disponíveis aqui

Quer saber mais? Siga-nos: afeco.eu

Scroll to Top